Ilha de Santa Maria


Situada no Grupo Oriental é a ilha mais a sul do arquipélago. Foi a primeira ilha a ser descoberta e distingue-se por ter um clima mais seco e quente o que faz com que parte da sua vegetação apresente uma tonalidade mais amarelada. Devido a estas condições meteorológicas, Santa Maria, assume-se como a estância balnear dos Açores.

A mais famosa praia é a a Formosa onde são praticados vários desportos aquáticos. Em forma de anfiteatro, a Baía de São Lourenço encontra-se rodeada com vinhas cultivadas em socalcos. Na parte norte da ilha ainda hoje se mantém a capela onde Cristóvão Colombo mandou celebrar uma missa após o seu regresso da América, a Ermida de Nossa Senhora dos Anjos (Séc. XV). A igreja de Nossa Senhora da Assunção, padroeira da ilha, é uma das mais antigas do arquipélago. No centro de Interpretação Ambiental Dalberto Pombo pode-se ver a colecção do património natural da ilha.

No Barreiro da Faneca deparamo-nos com uma paisagem desértica árida e argilosa de cor avermelhada usualmente conhecida por “Deserto Vermelho”. A Ribeira de Maloás, Pedreira do Campo e os Fósseis de Santa Maria são outros pontos de interesse pela sua formação geológica.

Gastronomia


Da terra nasce um dos pratos mais simbólicos de Santa Maria: o Caldo de Nabos é confeccionado com uma espécie local de nabo, pequeno e de cor escura. Na doçaria, abundam as receitas locais. As tigeladas são comuns da restauração, mas ganham tipicidade as cavacas, os suspiros, os melindres, os encanelados e os biscoitos de orelha, assim designados pelo seu formato. A meloa produzida na ilha tem ganho fama e estatuto gourmet ao longo do tempo. Nos enchidos artesanais destaca-se a existência da Alheia de Santa Maria. Ilha de tradição vinícola a aguardente e os licores de frutos também são característicos desta ilha.


Descubra – Ilha Santa Maria


Passeio Jipe – Santa Maria

(0)